Vídeos Imperdiveis

Loading...

sábado, 21 de julho de 2012


Crente Consumista



O ser humano se lembra cada vez mais do ‘ter’ uma casa, carro, sítio, roupas, sapatos e se esquece do ‘ser’ um servo de Deus, uma pessoa santificada no modo de viver, abençoada na saúde, no casamento, na família, etc.
Existe atualmente uma espécie de sentimento nas pessoas de culpa ou talvez remorso por não terem alguma coisa que ás vezes nem é necessário. Pesquisando na palavra de Deus encontramos passagens que podem orientar aqueles que buscam a felicidade em algo material, mas nunca a encontrarão. Por muitas vezes é notável que pessoas se preocupam em vestir-se sempre com um modelo de roupa diferente por dia, e se sentem incomodadas de repetirem o calçado também quando saem á lazer. Consequentemente isso pode levar um individuo desnecessariamente ao débito, estando assim, desonrando á Deus sem testemunhar do evangelho. O cristão não precisa mostrar o que não é, por que diz a palavra em Gálatas 6:3 O que cuida em ser o que não é, engana a si mesmo”. E então? Será que o Espírito Santo se agrada das pessoas que consomem o que não podem pagar? E aqueles que fazem compras e mais compras de roupas e calçados desfilando pelas ruas, mas dentro de sua casa só tem arroz com alface para comer? E os que têm filhos, mas antes cuida da sandália salto alto e se esquecem de dar atenção á eles? Estes quando estão crescendo apanham dos pais por tentarem demonstrar que estão vivos e sempre estiveram ali, mas nunca notaram.
    Alguém já imaginou se todos os que têm hábito de consumir exageradamente tivessem o hábito de estudar a palavra de Deus? Com certeza o SPC não conheceria aqueles que hoje conhece. O Senhor Jesus disse em Lucas 12:15Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, por que a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui”. Portanto não é necessário se preocupar com que irão dizer aparecendo para os outros á custos altos que ultrapassam a capacidade financeira. O ser humano deve-se destacar pelas obras que dão fruto ao tempo certo, não pela marca da roupa que ás vezes pode tirar o pão! O apóstolo Paulo disse algo incrível: “Não digo isso como por necessidade mas aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido e sei também ter abundância; em toda a maneira e em todas as coisas, estou instruído tanto a ter fartura como a ter fome, tanto a ter abundância como a padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece.”          
 ( Filipenses 4:11-13 )


Escrito por Anderson Dalcin

Nenhum comentário:

Postar um comentário