Vídeos Imperdiveis

Loading...

terça-feira, 21 de agosto de 2012



União civil de casais do mesmo sexo

A poucos dias foi noticiado a votação da PLS 612 de autoria da senadora Marta Suplicy buscando implementar de qualquer maneira a união legal entre homossexuais. Este é um fato de difícil entendimento: Um senador (a) não tem varias bandeiras para defender e batalhar que são infinitamente mais importantes do que lutar somente pela união homoafetiva? A educação de qualidade. a segurança pública, a saúde digna de um trabalhador não deveriam ser prioridades para o trabalho dos parlamentares no Brasil?
       Os senadores ficam oito anos no poder e tem a obrigação de lutar pelo direito á vida, mas esta senadora luta por uma causa de pequena importância por uma minoria que quer calar á todos que simplesmente não concordam com seu posicionamento, chamando-os de homofóbicos, sem se quer ter ocorrido agressão verbal ou física. Devemos entender que esta luta é por uma causa que é abominável do ponto de vista bíblico em todas as formas.  Nenhum homem nasceu homossexual e nenhuma mulher nasceu lésbica teologicamente e cientificamente, pois não existem cromossomos gays, o que define esta postura como algo do comportamento individual influenciado pelo coletivo. A palavra de Deus para os cristãos diz em Genesis 1:27E criou Deus o homem á sua imagem”. E ainda em Levítico 18:22 : “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é”.  Jesus também disse que o homem deixaria pai e mãe para se unir á uma mulher, o que torna a união estável definida como macho e fêmea. Porém os “deuses” do STF auxiliaram na desobediência á palavra de Deus sem a menor consideração com os cristãos. O pior é que a PLS 612 tem como relator um senador do PMDB que é o partido que mais apóia as blasfêmias do PT da Marta Suplicy. Esperamos que alguns integrantes cristãos da CCJ  consigam por um ato de coragem barrar esta PLS absurda.



Escrito por Anderson Dalcin

Nenhum comentário:

Postar um comentário