Vídeos Imperdiveis

Loading...

sábado, 17 de novembro de 2012

Procurador desocupado quer tirar a expressão "Deus seja louvado" das cédulas!


 Mais uma vez querem inventar motivos para perseguição religiosa. Desta vez a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão em São Paulo pediu à Justiça Federal que determine a retirada da expressão “Deus seja louvadodas notas do real. O mandante desta ação desnecessária é o mesmo que caluniou, difamou e incomodou injustamente o Pastor Silas Malafaia o acusando de homofóbico, através de montagens fajutas de vídeos pelos ativistas do movimento gay. Um dos argumentos para a retirada desta expressão das cédulas é que o Estado brasileiro é laico, sendo assim, a inscrição nas notas privilegia uma só religião. Mas se esqueceram que o país é laico, porém o povo não é!!! Se o “Deus seja louvado das células” rompe a laicidade do estado, o que diria do feriado de 12 de outubro que é absurdamente idólatra e é comemorado exclusivamente pelos católicos? Isto não está veiculado á uma manifestação religiosa? Esta ação movida pelo procurador indica que provavelmente ele não deve ter o que fazer, ou está com perseguição proposital ao povo do “Deus seja louvado” É importante dizer que existem ministros do STF que também defendem esta ação estando do mesmo lado que o procurador desocupado está.
O Brasil é uma terra privilegiada por não haver ciclones, tufões, terremotos, tornados, etc. Teria mesmo necessidade de existir uma ação como esta? É claro que não! Cada vez mais é normal perceber que muitas pessoas integrantes da irmandade anticristã de São Paulo que estão envolvidos com políticas públicas principalmente, fazem o possível para deturpar o que está ligado á Deus. Pode perceber que estes estão espalhados nas áreas da educação, saúde, segurança pública, as três esferas do poder......Sendo estas áreas propicias para agir maldosamente com o povo.

Escrito por Anderson Dalcin

Nenhum comentário:

Postar um comentário