Vídeos Imperdiveis

Loading...

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

O cavaleiro 'fiel' do corintians e da rede globo

Muito se busca explicação para compreender o grau de fanatismo das torcidas organizadas, principalmente a do Corintians que vem se destacando como a maior do país e uma das maiores do mundo, apesar deste destaque ser em sua maioria negativo devido á um comportamento desprovido de ética. Aparentemente o fanatismo não é algo que abre margem para muitas especulações, mas é notável que muitos evangélicos torcem pelo clube, mesmo que de maneira discreta, até aí não havendo idolatria não há pecado comprovado. Entretanto deve-se ressaltar que o Corintians possui um “padroeiro” chamado São Jorge, e com isso as coisas começam a tomar um novo rumo á ponto de haver a prática abominável da idolatria ( Dt:23-25 ) e até mesmo torcedores não fanáticos são inseridos involuntariamente na roda dos escarnecedores( Sl 1:1 ).
        Durante um grande período da nossa história, por estar ligado aos escravos, aos negros e aos pobres de um modo geral, o culto às divindades africanas era proibido e reprimido. Para sobreviver, houve época em que as religiões afro-brasileiras misturaram-se ao catolicismo, um fenômeno conhecido como sincretismo. Os fiéis passaram a identificar os orixás aos santos católicos. Foi assim que, no candomblé, por exemplo, Oxóssi acabou se identificando com São Jorge, Ogum foi associado á Santo Antônio, e Iansã assimilada à figura de Santa Bárbara. Atualmente é comum observar pessoas prostradas diante de um ídolo mudo e imundo como o que é adorado por torcedores do grande clube Corintians. O fato desta idolatria ser visível gerou polêmica entre muitos cristãos que conhecem a palavra de Deus e com isso houve uma rejeição no projeto do escultor Gilmar Pinna, que irá construir uma gigantesca estátua de São Jorge á porta do esperado estádio “Itaquerão”. A região onde se localiza o estádio abriga incontáveis igrejas e para evitar uma batalha contra verdadeiros cristãos o nome do ídolo foi modificado para “cavaleiro fiel”, ou seja, uma forma de ludibriar algumas pessoas sem conhecimento da bíblia e do sincretismo religioso que há neste caso, pois fiel é o Deus de Abraão, o único digno de receber honra e glória, e o mesmo que ordenou que nunca fosse feito nenhuma estátua, e também que ninguém se prostrasse perante alguma delas ( Ex 20: 4-5). Estão saudando um ídolo abominável dando á ele um porte de 'protetor' como fez a rede globo através da novela 'Salve Jorge' fazendo. A ideia é fazer com que as pessoas achem normal e acreditem em sua força. Mas vindo da rede globo qualquer porcaria pode se esperar....
Escrito por Anderson Dalcin

Um comentário:

  1. O texto é um lixo e preconceituoso religião a quem quer religião e futebol a quem quer futebol.
    Cavaleiro fiel ou São Jorge é uma obra de arte e pode expressar o que cada um queira.

    ResponderExcluir