Vídeos Imperdiveis

Loading...

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

O Foro de São Paulo - Um instrumento maligno


O exemplo gritante que relata como querem deixar o Brasil em uma situação mais alarmante ainda é o instrumento de satanás conhecido como Foro de São Paulo. Trata-se basicamente de um programa de integração da América Latina criado em 1990 por Lula e Fidel Castro á fim de fazer do Brasil o que Fidel fez com Cuba, ou seja, afundar instantaneamente o país depois de torná-lo comunista. É uma organização esquerdista (se opõe á família) que teve seu nome ligado ás FARC, ao MIR e ao PCC. Estar ligado somente a estas três facções já é o suficiente para concluir que o Foro de São Paulo não existe para produzir frutos de qualidade á sociedade e ao povo brasileiro. Caso fosse, Cuba seria o maior exemplo a ser seguido, mas atualmente é um país que conta com milhares de policiais que recebem cerca de 4 vezes mais que um médico e a população vive em miséria. Foi isso que Fidel deixou de herança á eles. Agora o PT quer também federalizar a polícia á exemplo de Cuba, o que pode gerar uma revolta tremenda nas forças armadas resultando em um novo embate militarista no país. Enxerga? O que eles querem é isso mesmo, instituir a discórdia e ver o Brasil destruído! O inimigo dos cristãos gosta de rebelião. E se envolver um país inteiro é melhor ainda porque assim a logística é prejudicada e quem paga o preço inicialmente são as famílias de baixa renda, ou seja, o povo de classe C e D, onde segundo o governo se encontram os crentes pentecostais.
          Sabe-se que desde que o Foro foi criado, políticos, terroristas e narcotraficantes foram abrigados no Brasil e a produção de cocaína boliviana aumentou significativamente desde que Evo Morales se tornou presidente. Agora vai a seguinte pergunta: Por que o Brasil não coloca o exército nas fronteiras para conter a entrada de drogas e armamentos? Certamente você já se fez esta pergunta ou no mínimo ouviu alguém dizer. É simples: porque o governo não quer! Se estão no poder para cumprir uma “ordem” superior e causar a desgraça da nação, certamente não vão se empenhar em fazer o que parece justo e mais coerente.
         
“Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus”. II Ts 2. 3-4
 
          É bem verdade esta passagem. Há uma equipe a nível mundial que está preparando o caminho através de ações locais para a manifestação do inimigo. É pertinente que o anticristo se manifeste quando a situação piorar um pouco mais. Tudo para que depois ele mesmo dê, supostamente a solução para os problemas nos primeiros 1260 dias (Dn 9.27) enganando a população não arrebatada.
         
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário